sábado, 19 de dezembro de 2009

Destruidaça ...mas levando ...

Desculpem o termo, mas ...Brochei!

Ai, lindas, eu tô tããããão xoxinha ...

Sabem, eu acho que a maioria das mulheres já passou por isso, mesmo não estando acima do peso ...

Bom, como a maioria de vocês deve ter lido, eu sou casada, sem filhos, somos só meu marido e eu no apartamento ...

Isso quer dizer que podemos fazer qualquer coisa em datas festivas como natal e ano-novo, até porque:

a) Minha mãe não suporta meu marido, então não passamos o natal nem ano novo com ela;

b) O meu sogro mora em Santa Catarina, então como ele sabe da situação financeira aqui em casa, e ele ganha horrores de dinheiro no verão ( ele literalmente trabalha no verão pra guardar pro inverno , lance da formiguinha, saca?...rsrsrsrsrsrs) nós não vamos para lá, e nem ele pode vir para cá;

c) O avô do meu marido é bem na dele, do tipo que oito da noite tá dormindo, então nem pensar;

d) E graças aos Deuses, a desgraça que pariu meu marido e o abandonou mora bem longe daqui, e o Jeff disse que depois da última que ela fez ele nunca mais quer ver ela na vida dele (uhúú).

Bom, ano passado nós íamos passar a virada do ano num motel (ai que vergoínha), mas não deu.

Esse ano eu tava pensando em fazer isso, mas ..não consegui. Gente, é horrível, mas eu não consigo.

É fato, eu tenho vergonha do meu marido. Na verdade, vergonha de como sou hoje.

Quando conheci meu marido, eu pesava 60 kg, e esses três quilinhos a mais estavam nos lugares certos, ou seja, seios e bumbum. Gente, não por nada, mas eu era BOA!!! (quem quiser ver, a 1ª foto, da 1ª postagem que fiz, clica aqui)
Mas, agora ... Vocês tem noção de quanto tempo faz que eu não compro uma lingerie? E o pior é que não é nem que eu não queira, é que qualquer coisa que eu goste só tem até tamanho 44! Poxa, meu sutiã é 48!!! E isso que nem falei ainda da calcinha ...shuahsuhaushau

Eu nem me lembro mais da última vez em que fiquei à vontade com meu marido (entenda à vontade como nua) com a luz acesa ...

De boa, eu fujo dessas situações ...e é lógico que ele reclama, mas reclama de eu não me cuidar ...

Ah, que se dane: eu não me lembro da última vez que fizemos amor ... faz, no mínimo, uns cinco meses ...

Agora eu vejo na minha mente a cara de espanto de vocês lendo isso ...shauhsuahushau

Mas é verdade. Eu tenho 23 anos, meu marido tem 21 e não nos tocamos mais. Nem eu sei como isso acontece, mas é verdade. E sabem o que é pior? Meu marido só sai de casa pro trabalho, e do trabalho para casa. Sério. Eu até poderia pensar que ele tem uma amante, ou algo do tipo, mas , tá, quem quer fazer algo arranja meios, mas...sei lá. o Jeff é muito sincero com ele mesmo, e tenho certeza de que ele simplismente iria embora, ao invés de manter o casamento e uma outra mulher.

Ele não gosta de se sentir pressionado, nem de ficar se escondendo.

Resumindo: não sei o que fazer neste final de ano. Tô muito triste comigo mesma, por ter me descuidado ao ponto de chegar aos 102 kg, tô triste por ver que me tornei amiga de meu marido e de não ver perspectiva de melhora ...

Sabe, carinho não falta, mas ...sexo não é tudo , mas é boa parte, né?

Eu nem saio mais de casa, tenho vergonha de sair na rua, pois já escutei pessoas rindo de mim pelas costas , do tipo 'olha lá aquela gorda, ela não se enxerga, não?'

Não, olha isso:

Segunda-feira eu fui em Porto Alegre fazer umas compras e fui com meu melhor amigo, o Nix. O cara é um negão de 1,80 m lindo pra caramba ... e a gente sempre anda de braço dado, tipo, a gente se adora e não vê maldade, nem o Jeff nem a mulher dele, todo mundo sabe o quanto a gente se gosta, tipo irmãos mesmo ...

Mas. voltando: estávamos passeando de braço dado, e uma mulher passou por nós e disse bem alto: " o que que aquele negão gostoso tá fazendo com aquela gorda loira azeda?"

Eu pensei 'meu Deus, eu quero me sumir daqui ...'

o Nix queria ir lá falar com a tal mulher, não só por mim, mas é que a mulher dele também está acima do peso, e ele se sentiu ofendido, sabe? Não deixei, mas acabou meu passeio ali mesmo.

E isso acontece sempre que saio na rua, então eu evito até sair pra fora do prédio pra não passar por isso ...

Caramba, eu ia falar só sobre o fim de ano, e acabei falando tudo e mais um pouco ...

Olha, as que tiveram saco de ler até o fim: me perdoem. eu realmente não parei pra ver o que escrevi, e vocês não precisavam ler certas coisas, mas realmente não tenho com quem conversar isso, e já cansei de chorar sozinha ...

Adoro todas vocês, beijos, meus amores, e muita força!

7 Comentários:

Blogger Môni Loureiro disse...

Ai flor, eu to quase chorando porque ando me sentindo como você! Eu não estou com 102 kilos ainda, mas se eu continuar como estou, acho que esse será meu futuro.
Engordei 30 kilos com a gravidez, nem sei quanto peso agora, pois não tenho coragem de me pesar, mas assumi o compromisso que vou emagrecer e foi muito bom para mim ler teu desabafo, pois me identifiquei com muita coisa pelo qual vc está passando...
Força flor, e olhe para dentro de vc e veja a pessoa maravilhosa que vc é, não desista do que você começou e recupere teu marido como amante!
Beijinhos

19 de dezembro de 2009 09:39  
Blogger Erika numa Batalha da Pesada disse...

Oi amiga...

caramba, que barra né!

Sei exatamente pelo que vc está passando... tb não me sinto nem um pouco a vontade na hora do sexo, e tb comigo quase não tem rolado.

Mas vc tem que ser forte! Pq não aproveita o fim do ano e faz uma surpresa pro Jeff...

Sei que vc vai ter que fazer um esforço quase sobre humano... mas será que ele não está merecendo isso?

Coloque uma roupa bem bonita e já que não acha lingerie que vc goste, vai sem ela... tenho certeza que ele vai adorar!

Pensa bem viu...

Forças e bom fim de semana

19 de dezembro de 2009 10:47  
Blogger Paloma Coelho disse...

Bem, sabe aquele ditado de que se conselho fosse bom não se daria se vendia? Pois bem, eu nunca levei ele muito a sério, então, lá vai o meu humilde conselho: Se ame antes de tudos e de todos, se você não faz no claro, faça no escuro, sexo não é tudo, mais é boa parte, casamento, sem sexo não é casamento. E não tem por que ter vergonha do seu marido, o importante é ir atras do tempo perdido e tentar fazer algo para mudar, mais , enquanto você não volta ao compirto de antes faça a meia luz , invente , crie, surpreenda, só deixa a peteca cair e as coisas irem perdendo o sentido. Enquanto as pessoas, não podemos fazer nada, as vezes machuca, mais é ir em frente e fazer ouvido de mercador igual faziamos quando nossas mãe falavam para nós não fazer algo, e faziamos do mesmo jeito. beijos e vai passar o natal no motel ( meia luz, ou luz apagada , acende só a do banheiro rsrs).

19 de dezembro de 2009 15:53  
Blogger Bruna Tenório disse...

O comentário que a Paloma Coelho fez está certíssimo! Olha, o seu caso pode ser por estar acima do peso e eu por estar muito abaixo dele. São situações diferentes, mas a vergonha é a mesma. Antes eu me sentia super mal de sair com meus amigos para a praia e ter que usar um biquine com o corpo magrelo que tenho, sério, vergonha. As vezes eu nem ia. Shorts e roupa curta? Passavam longe do meu guarda-roupa. Até que um dia eu tava lendo sobre algo relacionado a esses problemas que temos com o nosso corpo, e uma coisa que falaram me fizeram despertar: seja você. Não importa se está acima do peso, ou muito abaixo. Sempre temos algo na gente que é bonito, peso é detalhe. Não devemos nos importar com o que os outros dizem, temos que dar importancia somente ao que somos e ao que pensamos. Os outros são consequencia. Amigos de verdade, e o seu amor de verdade, gostam de você pelo que você é e não pela sua forma. Caramba, seja feliz! Não desista do seu objetivo, porque você é muito jovem para desistir. Beijão, e se cuida! :D

20 de dezembro de 2009 09:48  
Blogger ELAINE disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

21 de dezembro de 2009 03:47  
Blogger ELAINE disse...

Bom dia Thais, axo q ja te falei q sempre venho aki ler o que vc escreve, como persiste em sua meta,,,gostaria de ser mais persistente, tenho algumas coisas em comum com vc, qdo comecei a namorar pesava 60 kg..com o anticoncepcional pulei para os 80...em 1 mes e meio...kase enloukeci.. agora estou com 92.snif o Jeferson me apoiou...vmos a academia juntos, qdo naqueles dia q vc se enche de tudo q num ve sentido em academia ,dieta, ele me leva pra passear e faz os exercicios ficarem bem mais interessantes..ele tem o problema oposto é super magro e deseja ser gostoso,,assim q ele fala, gostoso pra mim...eu sempre coloco isso na cabeça...estou longe da minha familia uns 1000km, mudamos tem 3 meses nem os vizinhos conheço, sempre trabalhei e tive meu $$ agora to desempregada, as vezes doi muito mas ai entro na net e vejo pessoas como vc cheia de disposição ...prontas pra ajudar..mas tem dias q as forças somem...ai é só orar rezar fazer uma prece independente do seu credo...pedir forças,, tomar um banho gostoso e se por belissima pra vc, por vc..mas é claro pra fazer um dengo no marido tbm ..bjos fika com Deus..

21 de dezembro de 2009 03:50  
Blogger Bolachitas disse...

Oi
Achei seu blog passeando por aí.
Olha, passo exatamente pelo o que vc comentou no post. No momento, estou sozinha mas passo esses carões na rua. Mas pombas, as pessoas tb não se enxergam, fazem comentários super maldosos, como se a gente gostasse de esta acima do peso, não pensam que isso só destroe mais ainda nossa estima. Ainda tem uns que falam: "ah falamos isso para servir de incentivo". Desde quando é incentivo chamar a pessoa de goda? Bom, eu sei que esta triste mas isso vai passar e vai melhorar a cada dia. Força sempre e não desistir nunca. Bjs

21 de dezembro de 2009 19:36  

Postar um comentário

Cada tecla apertada é uma caloria perdida!kkkkkkk

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial