quinta-feira, 22 de outubro de 2009

De magra a obesa ; de obesa a futura ex-obesa


Bom, vamos às informações gerais:

Mulher, 22 anos,casada, sem filhos, Bruxa (religião, não como pessoa).Universitária, sem problemas, sem dívidas, sem emprego, sem sogra (uhuu!!!).
Na verdade, um problema. Um problemão:
1,60m e 101,8 kg...
Não, não me perguntem como isso aconteceu: eu mesma não descobri. Só sei que eu passei de aceitáveis
60,5 kg em maio de 2006 a abomináveis 101,8 kg na data de hoje, 23 de outubro de 2009.
Daí alguém me pergunta: e o que
EU tenho a ver com isso?
E eu respondo: nada. Ou quase nada, afinal, você está lendo o que escrevi, conhecendo minha história, então já faz parte da minha trajetória, mesmo que como mero espectador ( ou melhor, leitor).
Mas continuando: eu simplesmente cansei deste peso enorme que carrego (hsuahshauhsuah) e resolvi libertar-me.
E o que este blog tem a ver com isso? muita coisa: este vai ser meu diário/caderno de pensamentos/cúmplice de minhas garfadas/lugar onde ponho minhas neuroses para fora. Ah! e de vez em quando uma foto mais recente minha, ou um desenho engraçado (sim, eu tenho senso de humor, pelo menos um pouco).
Bom, me inscrevi na academia hoje, e o cara lá que te pesa e te mede e te vira pra cima e pra baixo(sim, só isso, porque pobre não tem personal trainer) só me liberou para 30 minutos de bicicleta ergométrica e 30 minutos de esteira ...
Bom, o que eu poderia esperar de uma academia que custa
R$ 150,00 por ANO? Capaz que iam me pedir exames médicos, medir minha taxa de gordura, testar minha resistência física ...
Mas tudo bem: vou deixar de ser sedentária. Primeiro passo dado. Até aí tudo bem ...
Mas e a dieta? não adianta nada fazer uma hora de exercício todos os dias e sair de lá e comer tudo o que vier pela frente . Então, como o convênio que eu tenho não tem nutricionista, só cirurgião, e eu não quero fazer uma cirurgia bariátrica, eu resolvi pegar umas dietas antigas minhas e começar por aí, já que desempregada não pode pagar
R$ 25,00 por cada consulta particular com nutricionista, e quem vai me ajudar a fazer controle de meu peso vai ser meu marido Jefferson (amor da minha vida, com quem divido todos os meus momentos e coisas do tipo a 3 anos e meio), já que ele é o segundo maior interessado na minha perda de peso.
Afinal de contas, ele me conheceu sendo uma Ferrari, e agora tem um fusquinha redondinho na garagem. (uahsuahushuahsuahushauhsuahushaushuahsuahus)
Bom, por enquanto acho que é isso ...
Pretendo postar todos os dias, afinal de contas, eu também pretendo controlar o que como por aqui, então será um mal necessário.
Um grande abraço a todos que começarão a me acompanhar a partir de agora, e até amanhã ...

( ah, é: esta foto é de minha última viagem ao Beto Carrero World, em novembro de 2006)

1 Comentários:

Blogger Chrismg disse...

Oi,
parece que tô lendo mh história, embora eu seja mais baixinha, mais velha e sem marido.. (KKKKKKKKKKKKKKKK) Brincadeiras á parte, com 1,47 cheguei a 74kg.. Já imaginou né... Tô na luta há 14 meses e perdi 9 kg apenas..E qdo fico ansiosa, recupero tdo de novo, mesmo sem comer!!!! Vá em frente. Vc alcançará o q deseja e qdo sentir-se "xoxinha" como vc disse em outro post, lembre-se que nada como um dia após o outro pra fazer as coisas mudarem de posição.. Os que hoje nos humilham tbém terão seu dia de desonra, cedo ou tarde. E desculpe o desabafo, tbém não tenho com quem falar e me empolguei. Passa no meu blog: http://amo-brindesealgomais.blogspot.com/ É mh terapia mais recente pra diminuir a ansiedade.. KKKKKK.
Sucessos.

20 de dezembro de 2009 20:06  

Postar um comentário

Cada tecla apertada é uma caloria perdida!kkkkkkk

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial